Temer afirma que reforma da Previdência não vai prejudicar os mais pobres

Temer afirma  que reforma da Previdência não vai prejudicar os mais pobres

Por Agência Brasil –
Foto: Marcos Corrêa | PR

Em reunião com deputados da base aliada para tratar da reforma da Previdência, o presidente Michel Temer disse hoje (18), em Brasília, que a reforma não vai prejudicar os mais pobres e que “ninguém quer fazer mal ao país”. “Convenhamos, ninguém quer fazer mal ao país. Dizem que essa reforma da Previdência vai pegar os pobres. Vou usar uma palavra forte: mentira. Mentira, porque 63% do povo brasileiro ganham salário mínimo, portanto, [a reforma] não vai atingir os pobres. Os que resistem e fazem campanha são os mais poderosos, são aqueles que ganham mais”, disse no café da manhã oferecido aos deputados da base, no Palácio da Alvorada. No encontro com os parlamentares, o relator da proposta de reforma da Previdência em discussão na Câmara, deputado Arthur Maia (PPS-BA), apresentou o relatório sobre a reforma. O texto deve ser lido amanhã na comissão especial da Câmara. Aos parlamentares, Temer disse que o Executivo e o Legislativo não devem ficar paralisados diante de fatos ou notícias que buscam desprestigiar a classe política. Segundo ele, a aprovação das reformas previdenciária e trabalhista significa respostas necessárias para mostrar aos brasileiros o trabalho dos dois poderes.

Deixe uma resposta