Porto Seguro: PF desarticula esquema de extração e comércio ilegal de madeira

Foto: Alex Barbosa/Bahia Dia a Dia

Uma operação da Polícia Federal deflagrada na manhã desta terça-feira (16) em Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, desarticula um esquema de extração ilegal e comércio clandestino de artefatos de madeira. A madeira retirada é do Parque Nacional do Monte Pascoal, em Porto Seguro. Ao todo, a Operação Desmonte cumpre seis mandados de busca e apreensão em fábricas, serrarias e depósitos suspeitos de beneficiar, armazenar e revender produtos manufaturados (gamelas, pilões, farinheiras, tábuas de cozinha, colheres, descansos de mesa, etc.) com madeiras. Segundo a PF, as investigações começaram com informações coletadas pela fiscalização do ICMBio, as quais foram ampliadas através de diligências policiais realizadas no Distrito de São João do Monte (Montinho), em Itabela, também no sul do estado, o que inspirou o nome da operação.  Ainda segundo a PF, os responsáveis dos estabelecimentos serão ouvidos em sede policial e correm o risco de ser indiciados no(s) artigo(s) 180, § 1o, do Código Penal (receptação) em concurso formal com os artigos 40 e 46, parágrafo único, da Lei n.o 9.605/98 (causar dano à unidade de conservação e adquirir, para fins comerciais, madeira e outros produtos de origem vegetal sem licença válida outorgada pela autoridade competente), sem prejuízo de outras capitulações legais. A operação conta com o apoio da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA), Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica (CAEMA), ICMBio, IBAMA, Polícia Rodoviária Federal (9ª Delegacia em Eunápolis), Gerência Regional do Trabalho em Eunápolis e do 6º Grupamento de Corpo de Bombeiros de Porto Seguro.

Deixe uma resposta