A gente diz – TSE pede investigação sobre influência do crime organizado na política

 

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acionou os órgãos de investigação do governo federal temendo interferência do crime organizado na política. De acordo com reportagem do jornal O Globo, há preocupação com as eleições de todo o país, mas a base do relatório enviado à Abin foi a disputa de 2016, mostrando influência de facções criminosas e milícias em 19 zonas eleitorais de sete cidades, incluindo a capital. 

Ainda segundo a publicação, o documento lista todos os candidatos eleitos nessas áreas, locais onde a realização das eleições só ocorre mediante reforço policial. 

No ano de 2018, uma CPI da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro mostrou a atuação de milícias, levando à perda de mandatos e prisão do ex-deputado estadual Natalino Guimarães e seus sobrinhos. Eles foram acusados de integrarem o grupo conhecido como Liga da Justiça.

 

 

 

Deixe uma resposta