Neto admite que sua candidatura ao governo é competitiva: ‘Não posso descartar’

 

Foto: Divulgação

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), admitiu que sua candidatura ao governo da Bahia em 2018 é uma das mais competitivas no Brasil. Em entrevista ao jornal Valor Econômico, publicada no site do veículo nesta segunda-feira (04), Neto enumerou as forças do partido no pleito estadual: Mendonça Filho (ministro da Educação) em Pernambuco; os senadores Ronaldo Caiado em Goiás e Davi Alcolumbre no Amapá; deputado Alberto Fraga no Distrito Federal e o ex-prefeito César Maia no Rio de Janeiro. Apesar de reconhecer sua força, Neto manteve o discurso que tem adotado e não se colocou como pré-candidato. “É óbvio que não posso descartar essa possibilidade e estou muito à vontade porque sempre falei com muita abertura e transparência à população. Em 2016, quando me reelegi, não prometi não renunciar, não assinei documento dizendo que ia ifcar os quatro anos, então estou muito à vontade para tomar uma decisão, se for o caso, de renunciar. (…) Mas só vou avaliar em 2018 se renuncio ou não e qual será meu caminho”, disse o prefeito. Neto confirmou ainda que uma das estratégias do DEM para crescer nas eleições de 2018 é absorver oito deputados do PSB. Com isso, a expectativa é fazer mais de 40 deputados e colocar o Democratas entre os quatro maiores partidos.

Deixe uma resposta