Temer deve fazer pronunciamento às 16h

Foto: Divulgação

O presidente Michel Temer

O presidente Michel Temer, que está reunido com seus auxiliares desde as 9 horas da manhã em seu gabinete, deve fazer um pronunciamento às 16 horas, segundo fontes disseram à reportagem. O horário, entretanto, ainda não foi confirmado oficialmente pelo Planalto. Temer não conseguiu cumprir a extensa agenda que tinha se proposto para esta quinta-feira em que desejava aparentar “normalidade” e com os desdobramentos da Operação Patmos, com base na delação de Joesley Batista, da JBS, avalia com seus auxiliares como vai responder. O gabinete presidencial está vivendo um “entra e sai” de ministros e aliados. Os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-geral da presidência) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, estão com o presidente e seguem discutindo a situação do governo. O presidente, que queria falar desde ontem, ensaiou fazer o pronunciamento pela manhã, mas agora foi convencido que o melhor é esperar os aúdios com o teor da gravação do executivo da JBS vieram a publico. O presidente comentou ainda, de acordo com as fontes ouvidas, que não pediu para que Rocha Loures fosse um negociador. Ele, entretanto, não negou que o deputado, que é seu braço direito, teve contato com Joesley. Leia mais no Estadão.

Estadão

Deixe uma resposta