TRT determina que sindicato facilite o tráfego de veículos na empresa Novo Horizonte, de Vitória da Conquista conforme as prerrogativas legais, e caso não cumpra terá multa diária de R$ 50 mil reais.

Até a manhã desta quarta-feira, 12 de junho, o sindicato não havia dado sinal de flexibilização e mantem 100% da frota da Novo Horizonte impedida de cumprir a sua missão. A categoria paralisou as atividades da empresa desde o início da semana.  A empresa conseguiu uma  liminar, junto ao Tribunal Regional do Trabalho, que  determina ao sindicato dos rodoviários  que garanta  60% da frota de ônibus da empresa Novo Horizonte circule, realizando o transporte intermunicipal, no período de 04h30 às 08h30 e das 17h às 20h e de 40% da frota nos outros horários. Mesmo assim, não estão cumprindo.  Na liminar estar bem claro,  Caso a decisão não seja cumprida, segundo a decisão, será cobrada uma multa diária de R$50 mil ao sindicato.

E ainda na minuta da liminar consta que: “Indiciará também aquela penalidade, caso ocorram manifestações que possam constranger ou ameaçar direitos de terceiros e dos trabalhadores que não desejam aderir ao movimento grevista e, ainda, ameaça ou dano à propriedade ou integridade das pessoas”, informa a decisão.

Deixe uma resposta