Voluntários ajudam pessoas com câncer

Dr.Valverde 002

Mais do que o crescimento anormal das células, o câncer afeta o lado psicológico e até mesmo financeiro das pessoas, tendo em vista que é seguido de longas e dispendiosas seções de quimioterapia e radioterapia. Vitória da Conquista atende a toda a Região Sudoeste e recebe diversas pessoas da zona rural que nem sempre têm condições de arcar com as despesas da estadia para o tratamento, levando em conta esta situação, foi criada a Casa do Câncer. Sobre isso, o radiologista Dr.Valverde Mont´Alverne, que é mantenedor desse trabalho explica em entrevista concedida ao “A Gente Diz” como funciona a Casa do Câncer.

(Por: Sara Reis)

A Gente Diz – Dr.Valverde, como é realizado o trabalho da Casa do Câncer que é dirigida por Maria do Carmo e conta o apoio de doações da comunidade?

Dr.Valverde – Vitória da Conquista recebe pessoas de toda a região para tratar de câncer. E são pacientes muito carentes de zona rural ou de pequenas cidades que não têm recursos ou acabam abandonando o tratamento porque eles não têm como ficar durante um período longo na cidade. Então, vendo essa dificuldade, começamos a organizar uma casa para dar suporte a esses pacientes, para que eles possam cumprir todas as etapas durante o período de tratamento. Pois esses pacientes vinham a Conquista, faziam as primeiras seções de quimioterapia, mas a família estava precisando que eles trabalhassem, além disso, eles não podiam manter os gastos com hotéis ou quartos alugados, voltavam para a cidade achando que estavam bem e quando retornavam a Conquista estavam num estado avançado e já não havia mais o que fazer.

A Gente Diz – Então qual o principal objetivo da Casa do Câncer?

Dr.Valverde – Ela acolhe esses pacientes, orienta, fornece medicação, alimento, fornece feira para a família que está nas pequenas cidades para que eles não precisem se preocupar com a família que ficam sem renda nesse período. Além disso, em alguns casos, nós tentamos providenciar a aposentadoria deles por meio do Funrural, ou pela Caixa Econômica para que eles tenham algum tipo de rendimento ou até para que no caso de falecimento desse paciente, a família tenha algum tipo de renda.

A Gente Diz – A Casa do Câncer está construindo novas instalações, por causa da crescente demanda, qual a previsão para que as novas instalações fiquem prontas?

Dr.Valverde – Estamos terminando uma obra grande que está prevista para fevereiro ou março e vamos avisar a toda a comunidade. É uma casa com cem leitos, contando com um centro odontológico, com lavanderia, cozinha, enfim, toda a parte necessária para dar um apoio a esses pacientes.

A Gente Diz – E o acesso é gratuito?

Dr.Valverde – É totalmente gratuito, não está ligado a nenhum órgão religioso ou político. Atualmente a casa do câncer é uma ONG da comunidade de Conquista. Não tem dono e carrega apenas a bandeira humanitária.

A Gente Diz – E o que a pessoa precisa fazer para ter acesso a esta casa?

Dr.Valverde – Na verdade, na Casa do Câncer não existe essa burocracia. As pessoas chegam lá indicadas por outras pessoas. A pessoa chega lá, ocupa um leito e fica o tempo que for necessário. Há pacientes que chegam a ficar um ano na casa.

Deixe uma resposta