23 de maio de 2019

(77) 98833-0195

PMVC inaugura nova Sala do Empreendedor: registro empresarial e concessão de alvarás em um só lugar

A sala do empreendedor está instalada na Prefeitura da Zona Oeste, situada no Centro Glauber Rocha

A burocracia é um dos principais fatores de limitação ao crescimento econômico e a geração de emprego e renda, pois prejudica a abertura e a permanência saudável de empresas no mercado. Em Vitória da Conquista não era diferente. O município é uma capital regional, polo comercial e de serviços; porém, caracterizava-se pelo excesso de entraves.

Para combater esse cenário, o Governo Municipal instituiu o Decreto nº 19.490, criando a nova Sala do Empreendedor com ações de simplificação e de unificação do processo de registro empresarial e concessão de alvarás.

“Alinhados com a estratégia de trabalhar com planejamento e visão de longo prazo, reformulamos a Sala do Empreendedor, visando unificar e desburocratizar os processos e fluxos de atendimentos, promovendo uma maior celeridade no atendimento dos empreendedores; além de ampliar a oferta de produtos e serviços voltados para melhoria do ambiente de negócios e desenvolvimento empresarial”, esclarece o secretário municipal de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico, Cláudio Cardoso.

A sala agora vai atender empresas e auxiliar na emissão de alvarás de baixo risco

Antes a Sala do Empreendedor só ofertava atendimento aos microempreendedores individuais. Agora qualquer empresa que precise de alvará pode resolver tudo em um só lugar. Dez servidores de seis secretarias municipais prestam atendimento na Prefeitura da Zona Oeste, instalada no Centro Glauber Rocha. “Com isso, a emissão de um alvará de baixo risco, por exemplo, que antes era feita entre 30 a 40 dias, passa a ser feita entre 24 a 48 horas”, pontua Cardoso.

De acordo com o secretário, a nova Sala do Empreendedor traduz bastante o trabalho desenvolvido pelas diversas secretarias envolvidas e os resultados da consultoria implementada pelo SEBRAE que conseguiu reduzir a burocracia e melhorar os processos de registros e emissões de alvarás e licenças, solucionando diversos gargalos e apontando soluções para serem adotadas pela Prefeitura.

Outro serviço disponível na Sala do Empreendedor é a assessoria empresarial e assistência para modelagem de negócio, oferecendo palestras, em parceria com o Sebrae. “Estamos procurando melhorar esse ambiente de negócio e fortalecer as empresas. Não só abrir as empresas de forma mais célere, mas fazer com que elas permaneçam saudáveis no mercado, gerando mais emprego, mais renda e mais desenvolvimento para a nossa cidade”, comenta a administradora Efigênia dos Santos, que atua como agente de desenvolvimento da Sala do Empreendedor.

A manicure Sirlene Araújo procurou a Sala do Empreendedor em 2017 para se registrar como Microempreendedor Individual (Mei). Nessa quarta-feira (15), ela voltou ao espaço para atualizar a declaração de imposto de renda e gostou das novidades: “Eu achei muito bom. Não precisa perder tempo indo de um quanto para outro. Facilita muito a vida da gente”.