14 de novembro de 2018

(77) 98833-0195

Câmara realiza sessão solene em homenagem ao Dia da Mulher

A cada ano, são homenageadas seis mulheres. Este ano, o diploma foi entregue à Klêicia Souza, servidora municipal e militante do movimento negro e feminista; à capitã Lorena da Silva, que elaborou projetos como o “Garota Comunidade BCS” e “Patrulha Comunitária”; à subtenente Vânia da Cruz, comandante da “Ronda Escolar”; à Ivana Patrícia Almeida, pesquisadora e militante feminista; à Iraci Sena Rocha Ramos, presidente da Associação de Agricultores Familiares Remanescentes de Quilombo de Corta Lote; e à Elza Ferreira Mendes, assistente social com atuação na zona rural do município.

Representando o Governo Municipal, Irma Lemos falou sobre a importância de espaços de homenagens às mulheres e que espera o reconhecimento social da mulher. “Nós não queremos ocupar o lugar do homem, queremos trabalhar em igualdade, recebendo o mesmo salário que os homens recebem”, ressaltou. “Quando a gente vê uma mulher sendo agredida é nossa obrigação denunciar, vamos ajudar as mulheres, vamos discar o 180 para acabar de uma vez com a violência contra a mulher”, alertou a vice-prefeita.

A vereadora Lúcia Rocha destacou a importância da mulher ocupar espaços na política. “Por diversas legislaturas fui a única vereadora mulher desta casa. No Brasil, somente 14% do vereadores são mulheres. Aqui em Conquista somos apenas três, representado 42% da mulheres eleitoras de Vitória da Conquista. Por isso, a necessidade da existência deste prêmio para reconhecer a importância da mulher na sociedade”.

A servidora Klêicia Souza, que trabalha na Coordenação de Políticas LGBT e faz parte do Conselho Municipal da Mulher, agradeceu em nome de todas as mulheres negras a homenagem. “Estou muito feliz e me sentido honrada por receber uma homenagem que reverencia Loreta Valadares, uma das maiores representantes da luta das mulheres. Estou aqui representando todas as mulheres negras, esta premiação é nossa”, disse, dedicando a homenagem à sua mãe.