26 de novembro de 2020

(77) 98833-0195

Vitória da Conquista registra aumento de Casos de Dengue, Zika e Ckikugunya.

O Centro de Controle de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde divulgou, nesta segunda (24), o Boletim informativo semanal com dados atualizados da Dengue, Zika e Ckikungunya em Conquista. Até a 34ª semana epidemiológica, referente ao período do mês de janeiro a 21 de agosto deste ano, foram notificados 7.509 casos suspeitos dessas arboviroses, sendo 3.512 casos confirmados.

DENGUE – 5.895 notificações de casos com suspeita de dengue foram registradas no município, até o momento, sendo 3.433 casos confirmados e 1.251 descartados. Outros 699 casos apresentaram resultado inconclusivo em relação à doença, 510 aguardam resultado de exame laboratorial e dois pacientes foram a óbitos por dengue grave hemorrágica.

ZIKA – Foram notificados 946 casos suspeitos, sendo 32 confirmados laboratorialmente e 117 descartados. Ainda aguardam resultado laboratorial 108 casos notificados e 689 que apresentaram diagnóstico inconclusivo para a doença.

CHIKUNGUNYA – Nesse período, 668 pessoas foram notificadas com suspeita da doença. 47 delas apresentaram resultado positivo para a doença e 621 seguem aguardando o resultado laboratorial.

Foram atualizados, também, os números de notificações e confirmações das localidades do município com maior número de casos de Dengue, Zika e Ckikugunya.

  • Cruzeiro – 799 notificados* e 345 confirmados
  • Patagônia – 392 notificados e 200 confirmados
  • Alto Maron – 342 notificados e 193 confirmados
  • Brasil – 340 notificados e 178 confirmados
  • Vila América – 385 notificados e 155 confirmados
  • Centro – 308 notificados e 151 confirmados
  • Alto da Boa Vista – 251 notificados e 149 confirmados
  • Vila Elisa – 129 notificados e 51 confirmados

A vigilância contra o Aedes aegypti deve ser constante e os moradores devem manter em casa todos os cuidados para eliminar qualquer foco que propicie a reprodução do mosquito, como: vedar adequadamente reservatórios de água, limpar a caixa coletora de água atrás da geladeira, evitar água em jarros de flores, em pratinhos de plantas, bem como o descarte de lixo em locais e horários incorretos.

Se alguém apresentar sintomas característicos de uma dessas doenças, deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para ser notificado e receber atendimento médico. A população também deve fazer denúncias ou solicitar a visita dos agentes de endemias por meio do número: (77) 3429-7421.

 

*Nesta semana, o número total de notificações do bairro Cruzeiro apresentou uma redução em relação ao número divulgado na semana anterior, pois a coordenação do Centro de Controle de Endemias fez uma correção no número de casos notificados de Zika na localidade. Houve um erro de digitação que indicou 322 casos notificados, quando, na verdade, são 232 casos notificados de Zika, além de 473 de Dengue e 94 de Chikungunya, neste bairro.